Teca Calazans – Intuição

Posted in Música de Raiz, MPB, Teca Calazans with tags , , on dezembro 1, 2008 by Lobo Mau

teca_calazans_int

   Download

Teca Calazans nasceu no Espirito Santos mas foi criada em Recife – PE.  Desde cedo mostrou Interesse pela música local (cirandas, cocos, maracatus) e pelas Bandas de Pífanos. Na decada de 60 participou, junto com Geraldo Azevedo e Nana Vasconcelo, do grupo Construção o qual fazia apresentações teatrais e músicais. Em 1970,  decide se instalar na França e forma com Ricardo Vilas a dupla, “Teca & Ricardo” que gravou cinco Lps. Teve sua música gravada por nomes como Milton Nascimento, Gal Costa e Nara Leão.

O álbum Intuição foi gravado originalmente em 1988 com direção artistica de Maurício Carrilho e lançado na Europa em1993. O CD data de 1999. A produção é de Geraldo Casado.

Anúncios

Duofel – Duofel 1993

Posted in Duofel, Instrumental with tags , on novembro 26, 2008 by Lobo Mau

duofel-1993

   Download

Formado pelos autodidatas Fernando Melo (violões de 12 e cinco cordas) e Luiz Bueno (violão de cinco), o Duofel teve o primeiro encontro em 1977 quando o alagoano Fernando mudou-se para São Paulo, terra natal de Luiz, tocando na banda de rock progressivo Boissucanga. Mantiveram sete anos de parceria musical com a cantora Tetê Espíndola e estrearam em disco em 1987, com o independente Duofel Disco Mix.
Participaram de turnês na Europa e Estados Unidos. Com o CD Kids of Brazil, com arranjos de Hermeto, ganharam o Sharp (Melhor Arranjo Instrumental) e, segundo eles, perderam qualquer medo de criar.
O Cd Duofel – (1993) é o segundo da dupla e foi gravado no carnaval de 93. Participam desse CD: Oswaldinho do Acordeon, Edu Helou e o baterista Duda Neves que participou com a programação de bateria eletrônica.
As músicas “Diálogo” e “Do Outro Lado do Oceano” concorreram ao “Prêmio Sharp de Música”, em 94 na categoria “Melhor Música Instrumental”, tendo como vencedora “Do Outro Lado do Oceano”. O CD recebeu 5 indicações concorrendo também como “Melhor CD Instrumental”.

Cole Porter & George Gershwin, Canções – Versões

Posted in Cole Porter, George Gershwin, Jazz with tags , , on novembro 25, 2008 by Lobo Mau

cole_porter_cancoes_versoes   Download

Expoentes do período clássico da música popular americana, os anos 20, Cole Porter e os irmãos George e Ira Gershwin estão entre os maiores criadores de canção de todos os tempos.
George (1898 – 1937) e Ira Gershwin (1895 – 1983) formaram uma das parcerias mais célebres da história da arte de conjugar palavras e sons. George deixou sua contribuição também no campo erudito, ao qual incorporou o jazz e folk.
Ao contrário dos Grishwin e de outras duplas da época, Cole Porter (1891 – 1962) compunha letra e música sozinho. Tidas no início como intrincadas demais, suas canções foram aos poucos ganhando audiência até se tornarem clássicos internacionais.
O CD “Cole Poter e George Gershwin: Canções Versões” é uma concepção de Carlos Rennô, que também é responsável pela produção artistica. A produção é de Rodolfo Streter e algumas faixas são produzidas por Celso Fonseca. As músicas são interpretadas por: Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Tom Zé, Elza Soares, Rita Lee, Zélia Duncan, Ed Motta, Cássia Eller, Sandra de Sá, Paula Toller, Jane Duboc, Jussara Silveira, Carlos Fernando e Monica Salmaso.

Boca Livre – Bicicleta

Posted in Boca Livre, MPB with tags , on novembro 25, 2008 by Lobo Mau

bicicleta_boca_livre

   Download 

O Grupo vocal e instrumental Boca Livre foi formado em 1978 por Maurício Maestro (contrabaixo e vocal), Zé Renato (violão e vocal), Cláudio Nucci (violão e vocal) e David Tygel (violão e vocal). Participou, nesse ano, do disco “Camaleão”, de Edu Lobo, excursionando com o compositor através do Projeto Pixinguinha. Lançou, no ano seguinte, o LP independente “Boca Livre”, que ultrapassou a vendagem de 100.000 cópias, com destaque para as canções “Toada” (Zé Renato, Claudio Nucci e Juca Filho) e “Quem tem a viola” (Zé Renato, Claudio Nucci e Xico Chaves).

Em 1981, Claudio Nucci desligou-se do conjunto, sendo substituído por Lourenço Baeta. Com essa nova formação, o grupo gravou “Bicicleta” (1981), LP independente que contou com as participações especiais de Tom Jobim e Naná Vasconcelos, “Folia” (PolyGram,1982) e “Boca Livre” (PolyGram, 1983).

Xangai – Cantoria de Festa

Posted in Música de Raiz, MPB, Xangai with tags , , on novembro 25, 2008 by Lobo Mau

xangai_cfesta  Download

Ex-vaqueiro e filho e neto de sanfoneiros, Xangai nasceu no sertão baiano. Sua voz poderosa está a serviço da música e dos ritmos nordestinos: forró, rastapé, xote, ligeira, baião, coco, galope e o gêneros afins.
Em “Cantoria de festa“, seu disco de 1997, interpretou o “Nós, é jeca mas é jóia”, de Juraildes da Cruz, “Serra da Borborema”, “Meu cariri”, “Rei do sertão” e outras. Com este disco recebeu o Prêmio Sharp de Melhor Disco do Ano. No mesmo ano, apresentou as músicas desse mesmo disco em shows em São Paulo e no Paraná. Em seus trabalhos, mistura coco, baião, xaxado, xote, toada e ciranda. Procura cantar os sons de sua terra, criando uma música que se mantém longe dos modismos fonográficos, preservando a identidade da chamada “música de raiz”.

Fonte: Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira

Geraldo Azevedo – Inclinações Musicais

Posted in Geraldo Azevedo, MPB with tags , on novembro 25, 2008 by Lobo Mau

gerraldo_azevedo_inmusical

   Download

Geraldo Azevedo nasceu em Petrolina, uma cidade do estado de Pernambuco. Aos 12 anos de idade já tocava violão. Na cidade de Recife onde foi estudar, juntou-se ao grupo folclórico Grupo Construção onde conheceu Teca Calazans, Naná Vasconcelos, Marcelo Melo e Toinho Alves (componentes do Quinteto Violado). Em 1967 foi para o Rio de Janeiro onde trabalhaou com Eliana Pittman e depois, junto com Naná Vasconcelos, Nelson Ângelo e Franklin formaram o Quarteto Livre, grupo que acompanhou Geraldo Vandré em seus shows. Durante sua trajetória musical, Geraldo Azevedo gravou mais de 18 discos (LP’s e CD’s).

O LP “Inclinações Musicais” foi gravado em 1981 e conta com 11 músicas.

Chet Baker – Let’s get lost (bread, butter and Champagne)

Posted in Chet Baker, Cool Jazz, Internacional, Jazz with tags , , on novembro 24, 2008 by Lobo Mau

chet_baker_lglost

   Download

Chet Baker (Yale, Oklahoma, 23 de dezembro de 1939) iniciou seu aprendizado musical aos 13 anos em Los Angeles, para onde sua família mudou-se. Ganhou experiência em conjunto de danças mas foi ao prestar serviço militar em San Francisco que realmente teve o seu aprendizado, no clube “Bop City”, tocando ao lado de grandes músicos.
Encarnou como ninguém a figura do jazzista elegante, cool e autodestrutivo. Basta comparar suas charmosas fotos da década de 50 com sua pertubadora imagem no documentário Let’s Get Lost, dirigido pelo fotógrafo de moda Bruce Weber, meses antes de sua morte. Como um Dorian Gray às avessas, Baker tinha no rosto marcas profundas que diziam muito mais do que suas palavras. Hojes, o carisma musical de Chet Baker permanece vivo em suas gravações.
Expoente da geração do cool jazz (também conhecido com West Coast jazz), apoiado na típica sonoridade sem vibrato de seu trompete, Baker tembém conquistou muitos fãs com cantor. Seus vocais suaves e contidos, quase sussurrados, chegaram a influenciar até músicos brasileiros, como os tropicalistas Caetano Veloso e Gal Costa ou vários adeptos da bossa nova.

Fonte: Coleção folha clássicos do jazz (folha de São Paulo) vol. 7